“Os nossos clientes apreciam um atendimento exclusivo”;

Ricardo Torres, CEO Torres Joalheiros
“Os nossos clientes apreciam um atendimento exclusivo”
Um ano após a inauguração da loja Torres Joalheiros na Avenida da Liberdade, em Lisboa, a Rolex inaugura uma exposição emblemática nesta loja.
A marca é representada pela Torres Joalheiros há cerca de 40 anos e confirmou-se como uma aposta positiva. Ricardo Torres, CEO Torres Joalheiros, fala de um projeto  “ainda no início, mas a aposta inicial apontava para a duplicação da faturação a médio prazo com esta marca específica e continuamos confiantes de que assim será”.
A loja da Avenida tem nos relógios os best-sellers e “as edições limitadas são peças sempre muito procuradas pela valorização que acabam por ter. Os clientes têm feito excelentes investimentos em peças muito especiais, nomeadamente da manufatura Jaeger-LeCoultre, com relógios que facilmente se aproximam do valor dos automóveis de luxo das grandes marcas”.

Quanto ao cliente ser conhecedor do universo da relojoaria e saber o que precisa ou quer, Ricardo Torres refere várias situações: “Há clientes muito beminformados, que na maioria das vezes só precisam de tirar dúvidas estéticas, pois sabem perfeitamente de que calibre e funções é dotado o relógio que pretendem adquirir, mas também temos clientes para quem o detalhe técnico é relativamente menos importante, mas todos confiam na marca Torres Joalheiros e nas marcas a nós associadas. Os nossos clientes apreciam um atendimento exclusivo, orientado e dedicado. No fundo procuram uma experiência, que não encontram noutras casas. Podemos comprar qualquer produto em qualquer lado (basta ver o que acontece com a grande distribuição e as compras 'online'), mas não podemos comprar aquelas experiências que nos fidelizam como clientes e nos fazem voltar a uma determinada loja. O atendimento ao cliente não é um exercício meramente cerebral e mecânico. Um atendimento excelente assenta nas emoções e na forma como as conseguimos apreender e transmitir”.


Entre as marcas mais procuradas encontram-se nomes como Rolex, Jaeger-LeCoultre, Chopard, Mikimoto, Messika, Franck Muller e Montblanc. “O cliente procura e compra marcas que sejam referência. Continuam a ser símbolos de estatuto e bom gosto.” Ricardo Torres identifica com facilidade o ranking dos clientes por nacionalidades: “chineses, portugueses, brasileiros, russos e angolanos. Temos muitos clientes turistas, que, vivendo fora da comunidade europeia, têm vantagens ao nível de impostos, mas também muitos portugueses de profissões liberais. O cliente nacional divide-se em particulares e empresas. Recebemos muitos clientes novos e outros mais antigos com a nossa nova 'Maison' na Avenida. A localização é fulcral em qualquer negócio e na Avenida da Liberdade estão sediadas muitas empresas, mas também hotéis, escritórios de advogados e clínicas que geram uma economia de vizinhança importante para todos os operadores nesta artéria de luxo”, conclui o CEO Torres Joalheiros.



Ricardo Torres, CEO Torres Joalheiros.
Susana Almeida, 19/12/2014
Partilhar
Comentários 0

Notícias Relacionadas